segunda-feira, 31 de maio de 2010

A Arte de Convencer







"O convencer nasceu como a forma de compreender modos de persuasão. Ja esta, por sua vez, pode assumir tanto o sentido denotativo quanto o conotativo, perdendo seu sentido inicial e passando a funcionar como veículos de trasmissão de ideologias. A palavra persuasão etimologicamente vem de "persuadere", "per + suadere". O prefixo "per" siginifica de modo completo e "suadere" equivale a aconselhar (nao impor)."


Mas depois de todo esse blá-blá-blá, afinal, para vocês o que é persuadir?




-Elementos para que haja persuasão


O primeiro passo para conseguir convencer alguem é ter domínio da fala, bons argumentos e passar segurança. Porém temos diversos outros elementos que são relevantes:


Sua habilidade de colocar pressão psicológica sobre outra pessoa.
Sua habilidade de criar credibilidade: ninguém fará nada se não acreditar em você.
Sua habilidade de usar fatores sutis que fazem uma pessoa ser convencida por outra.
Sua habilidade verbal.
Sua habilidade de usar características pessoais que causam nas pessoas o desejo de serem influenciadas por você.




É claro que você não terá todos estes requisitos, pois se tivesse seria um expert, mas atendendo aos três primeiros, certamente estará acima da média.




-Tipos de persuasão



Há vários tipos de persuasão. Até mesmo sem palavras podemos persuadir alguém. Logo abaixo apresentamos exemplos de dois tipos:

A Persuasão implícita


A persuasão explícita


Video Explicativo

Veja no video abaixo algumas dicas importantes sobre como colocar em prática a persuasão: video

Curiosidades e Fatos Históricos

Ao falarmos sobre persuasão retomamos certas tradições clássicas, como a retórica. Um povo que foi muito habilidoso na arte da argumentação mudando pontos de vista e conceitos pré-formados foi o povo grego, e um grande percussor, que buscou "dissecá-la", foi Aristóteles que estudou como sua estrutura e funcionamento atuavam.

Muitas vezes o persuasor trabalha com algo que não é totalmente verdadeiro, mas se aproxima do mesmo, ou seja, é verossímil. Podemos citar como exemplo exemplo, quando contamos uma mentira inúmeras vezes e esta acaba tendo um tom quase que verdadeiro.

Há dois tipos de figuras que são muito utilizadas na arte de persuadir, são elas: A metonímia e a metáfora. Elas possuem o objetivo de prender a atenção do receptor e tornar mais leves e menos cansativas as informações.

Ao longo de nossas vidas, aprendemos a falar e consequentemente a usar as palavras. A forma como estas são usadas é uma maneira de compreender modos de persuadir. Percebeu-se, com o tempo, que ao usar palavras do sentido denotativo para o conotativo, elas perdem seu sentido inicial e passam a funcionar como veículos de transmissão de ideologias. Ou seja, as palavras nascem neutras e quando são usadas, sofrem modificações e transformações para designar algo, com isso passam a expressar valores e idéias diferentes das que a originaram.

Quando usamos muito uma palavra, ela acaba se desgastando, e para continuar com "sua força" ocorre uma troca, ou seja, ela é trocada por um sinônimo para que possa continuar com o seu ideal, pois, na maioria dos casos, tal palavra é relacionada com algo pejorativo.

domingo, 30 de maio de 2010

Exemplos de persuasão em imagens publicitárias

Quem não gosta de fazer compras e quando tem a oportunidade não analisa, mesmo que superficialmente, uma propaganda de outdoor?


Tenham certeza de uma coisa, elas também apresentam um grande apelo persuasivo, vejam alguns exemplos (cliquem na imagem para ampliar):












sábado, 29 de maio de 2010

Exemplos de persuasão em vídeos publicitários

Existem milhares de propagandas que unem várias formas de persuadir o consumidor, fazendo com que o mesmo fique com o desejo de consumir o produto. Abaixo estão apresentados alguns comerciais famosos e que marcaram um período:


PARMALAT: Unindo a pureza de uma criança com o seu produto, o leite.

video

GUARANÁ ANTÁRTICA: Podemos observar o "casamento" de dois produtos muito consumidos, o guárana e a pizza. Neste comercial nota-se a mensagem que ao consumir um, nós não podemos deixar de consumir o outro.

video

PEPSI: Ocorre uma associação entre o refrigerante PEPSI e o que é muito valioso. Usa-se como cenário a Idade Média em que haviam os cavaleiros e guerreiros que iam aos povoados retirar suas riquezas para o pagamento de impostos ou para saquear. No vídeo é utilizado o futebol como plano de fundo para unir a diversão e o prazer de beber PEPSI.

video

Produtos Invel (bermuda anticelulite): Aqui podemos observar um produto usado por mulheres que tem como finalidade diminuir ou evitar a celulite. Para persuadir e passar credibilidade, foi usada a figura de uma grande personalidade, no caso, o Rei Pelé, maior jogador de futebol da história, e assim passar confiança para que as mulheres sintam-se seguras.

video

domingo, 23 de maio de 2010

Outras finalidades da persuasão.

Podemos nos divertir usando a persuasão para realizar alguma brincadeira com alguma pessoa ou um grupo. Podemos observar isso através de uma gozação feita por um torcedor rival do Corinthians, apresentada a seguir:


video



Também, a persuasão, é usada para passar mensagens as pessoas como: motivação. Isto é visto no vídeo abaixo em que é mostrado a superação de uma atleta. Apesar de estar em outra língua a mensagem é claramente passada pela parte visual. Mas como ocorreu na década de 80, um breve relato da situação: "Nos Jogos Olímpicos de Verão de 1984 realizados em Los Angeles, durante a maratona feminina, a corredora Gabriela Andersen-Scheiss , completamente desidratada e desorientada pelo esforço no calor , além de estar com uma forte cãibra na perna esquerda, cambaleou nos últimos 200 metros da maratona levando 10 minutos para completá-los até cair desacordada nos braços dos médicos sobre a linha de chegada."



video

terça-feira, 18 de maio de 2010

Livros para maior aprofundamento

Seguem três títulos de obras para quem quiser se aprofundar na arte da persuasão: